fbpx

DENTE DECÍDUO MOLE: SAIBA COMO AJUDAR SEU FILHO NESTE MOMENTO

Segundo a dentista, os primeiros dentes de leite começam a ficar moles próximo dos seis anos de idade, variando entre os casos. Quando o dente permanente já está pronto para nascer, existe a reabsorção da raiz do dentinho de leite, que começa a ganhar maior mobilidade até soltar completamente da gengiva. A troca de dentes é uma etapa do processo fisiológico. Geralmente, os primeiros a cair são os incisivos inferiores. 

Desde pequeno, a criança deve começar a frequentar o consultório do odontopediatra. Assim, nos casos em que já acontece as visitas periódicas, no momento em que o dente de leite cair não é preciso levá-lo ao profissional. Se a criança, contudo, estiver com algum desconforto por conta do dente mole é importante consultar o dentista. Casos em que não existe um acompanhamento regular, uma avaliação odontológica é muito bem-vinda para checar as condições de saúde bucal, desenvolvimento das arcadas, postura de língua, além de reforçar os bons hábitos de higiene e cuidados com os dentes permanentes que estão por nascer.

É importante destacar que não se deve forçar para que o dente de leite caia. Quando ele já estiver bem mole é possível estimulá-lo a sair naturalmente. Balançar de um lado para o outro ou comer alimentos rígidos para incentivar a mastigação, como maçã e cenoura, são dicas para essa etapa. No momento em que já estiver desprendendo da gengiva, os pais podem ajudar, puxando delicadamente com a ajuda de uma gaze.

Faça a ação com cuidado para não machucar ou traumatizar o pequeno. No caso de sangramentos, enrole uma gaze e peça para a criança morder, comprimindo a gengiva. Repita o processo até que a gaze saia limpa. Além disso, aproveite esse processo junto com o filho. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *